Óleo de Rícino e Seus Benefícios

0
1027

Óleo de Rícino e Seus Benefícios

Olá amores, sejam muito bem vindos a bordo!

Hoje venho falar de um assunto que muitas amigas me pedem. Vivo falando que durmo com óleo de rícino nos cabelos quando estou em pernoite e muita gente me pergunta o porque e quais são os seus benefícios.

Então decidi fazer um post bem completinho, explicando tudo sobre esse óleo super baratinho e super fácil de ser encontrado (um pouco fedorento também, na minha opinião rs). Vamos ter uma série de posts desse tipo. Já temos um falando sobre o óleo de Argan AQUI.

Afinal, o que é e de onde ele vem?

O óleo de Rícino é extraído da semente da mamona. Essas sementes, que são tóxicas, possuem entre 40% a 50% do óleo, mas como esse óleo é rico em ácido ricinoleico (tornando-se benéfico para pele e cabelo), não é tóxico, pois a ricina não é solúvel em óleo. É um antibactericida natural e possui propriedades antifúngicas. É rico em vitamina E, minerais, proteínas, Omega 6 e 9 de ácidos graxos benéficos. É muito conhecido por sua propriedade laxante, mas também há muitos outros benefícios. Principalmente na área da beleza.

ricino

 

De modo geral, podemos usar o óleo de rícino para (lembrando que você sempre deve consultar um médico!):

  • Melhorar a constipação intestinal (prisão de ventre)
  • Infecções por algumas bactérias e fungos
  • Combate a Acne
  • Ajuda a diminuir enxaquecas
  • Queimaduras de sol
  • Distúrbios Menstruais
  • Trata furúnculos, calos, verrugas, pintas… (uma receitinha rápida: misture bicarbonato de sódio com o óleo de rícino e aplique na pinta ou verruga. Cubra com um curativo e durma. No dia seguinte, lave com água morna. Repita esse processo por alguns dias até que ela caia.)
  • Tratamento de manchas e cicatrizes (a longo prazo)

Mas hoje aqui no blog vou focar no óleo sendo usado em prol da beleza. Seja o uso na pele, unhas, cílios, e principalmente nos cabelos (Lembrando mais uma vez pra sempre consultar seu dermatologista!).

  • No combate a acne e oleosidade: Geralmente, quem tem esse problema tendem a ficar longe de óleos, pois obstruem os poros e agravam o problema. No entanto, o óleo de rícino é interessante por ser pouco comedogênico, ou seja, não causa acne ou lesões na pele. Também tem o efeito adstringente, reduzindo a proliferação bacteriana, uma das causas da acne. Promove a hidratação necessária para que a pele fique saudável.
  • Nos cuidados com as unhas: O óleo de rícino pode contribuir com a hidratação das cutículas por ser rico em vitamina E, formando uma película protetora da pele, impedindo que a água seja perdida para o ambiente externo. Basta aplicar durante uma hora sobre as unhas ou pingar algumas gotas no esmalte para o tratamento de unhas frágeis e quebradiças.. Estando bem hidratadas, as cutículas executam melhor função de proteger a unha e suas novas células,ajudando no crescimento.

  • Na pele: Por ser um hidratante natural muito emoliente, compõe muitas fórmulas de cremes e produtos cosméticos. Os ácidos graxos altamente concentrados, especialmente os ácidos Omega-3, penetram facilmente na pele, ajudando quem tem pele muito seca, dermatites, descamações, herpes, úlceras leves, queimaduras e feridas superficiais. Estimula o crescimento do tecido saudável. Como dito anteriormente, ele impede que a água seja perdida para o ambiente e também ajuda na produção de colágeno e elastina, resultando inclusive numa pele rejuvenescida, com menos rugas, linhas de expressão e combatendo também os radicais livres. também é muito bom na redução de olheiras. Basta aplicar uma gota e massagear embaixo dos olhos. Na pele pode ser aplicado algumas gotas ao seu creme hidratante.

oleo de ricino

  • No crescimento de cílios, sobrancelhas e barba: O óleo serve para deixá-los mais espessos e grossos, dando a impressão de mais numerosos e volumosos. Nas sobrancelhas, seu uso pode ser feito durante a noite, quando for deitar, aplicando com a ajuda de um cotonete e colocando uma toalha para não manchar seu travesseiro. Nos cílios a aplicação pode ser feita com uma escovinha do tipo daquelas que vem em máscara de cílios (famoso rímel). E esta aplicação deverá ser feita com muito cuidado para não cair nos olhos. Já na barba, ele estimula o crescimento mais grosso e forte do fio que já existe, deixando-a com a aparência mais cheia. Para usar, basta passar na barba por pelo menos uma hora e lavar no banho. Ou se preferir, dormir com o produto, retirando no dia seguinte pela manhã.  Ele não ajuda no crescimento do fio num folículo inativo, não resolvendo assim o caso de barbas com falhas.

Já seu uso nos cabelos,  ele tem poder de hidratação, limpeza e fortalecimento dos fios.

O óleo de rícino contém muitos compostos naturais altamente benéficos que estimulam o crescimento capilar, e embora não seja um tratamento contra a calvície, pode ser utilizado como um tratamento coadjuvante para amenizar a perda de cabelo. Os antioxidantes no óleo de rícino também suportam a queratina no cabelo fazendo-os crescerem mais espessos e fortes. O ácido ricinoleico também ajuda a equilibrar o pH do couro cabeludo, além de ajudar a repor os óleos naturais e desfazer alguns dos danos de produtos químicos agressivos usados no cabelo. O óleo aumenta a circulação sanguínea para os folículos, levando a um crescimento mais rápido. Também tem ácidos ômega 9 que são responsáveis pelos cabelos saudáveis, ajudando a reduzir as pontas duplas, controlando a quebra dos fios, e hidratando.

Graças ao ômega 6 e 9, o óleo de rícino pode dar maior volume ao fio de cabelo. Isso ocorre porque esse ácido graxo estimula o couro cabeludo e os folículos pilosos (local onde os cabelos nascem), fortalecendo assim os fios. Estes nutrientes também ajudam a melhorar o aspecto do fio de cabelo, já que ele sela as cutículas, impedindo que os cabelos fiquem com aparência elétrica e ressecada, dando brilho aos cabelos e uma aparência mais sedosa.

oleo de ricino

Sabia que ele também pode retardar o surgimento de cabelos brancos? Quando começar os primeiros sinais de envelhecimento, aplicar o óleo de rícino pode impedir que seu cabelo perca mais pigmento. Este é um método popular para evitar o envelhecimento prematuro.

A aplicação é bem simples. Basta utilizar o óleo diretamente no couro cabeludo. Por ele ser um óleo bem espesso e difícil de espalhar, eu costumo aplicá-lo com uma seringa (claro, sem agulha). Separo o cabelo e vou aplicando e massageando o produto por toda a cabeça, inclusive nas pontas (que vivem ressecadas). Eu costumo fazer a aplicação antes de dormir, mas você pode colocar uma touca plástica e deixar o produto agir por algumas horas e ir pro banho. Lave os cabelos normalmente, retirando bem o produto.

É um óleo muito fácil de achar em farmácias e perfumarias. O que eu uso é o da Salon Line, específico para o cabelo. Ele diz ser puro e eu estou gostando bastante! A embalagem vem com 100ml e eu paguei R$20,00.

ricino

Vou separar algumas receitas caseiras de hidratação, nutrição e fortalecimento capilar usando este óleo, vou testar e volto para contar para vocês o resultado!  Um grande beijo!!!

*Fonte de informações e imagens: Google

Comments

comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentario
Entre com seu nome