Comissário de Bordo -Características Que Todos Deveriam Ter!

0
533

Comissário de Bordo -Características Que Todos Deveriam Ter!

Olá meus amores!!! Sejam muito bem vindos a bordo!

Hoje venho falar sobre um tema que vocês adoram por aqui: Aviação!

comissario de bordo

Há algumas semanas me deu vontade de falar sobre isso. Qual característica, qual qualidade um comissário de bordo deveria ter para atender bem os clientes e trabalhar em equipe?

Pensei bastante, fiz uma lista, pedi ajuda para alguns colegas que voaram comigo nesse meio tempo e assim, nasceu o vídeo. Ou melhor: o roteiro dele! Porque o vídeo mesmo eu tentei gravar umas 3 vezes! Rs

Lembrando que eu não sou psicóloga, nem sou profissional de RH. Apenas relatei algumas “regras de boa convivência”, baseada no nosso dia-a-dia a bordo. E também acho muito interessante compartilhar esse post e esse vídeo com profissionais que trabalham com atendimento ao público.

O vídeo está logo abaixo. Mas se você não puder ver agora, listei algumas dessas características abaixo também.

Resumindo, uma pessoa que trabalha em equipe e com atendimento ao público tem que ser:

  • Paciente – Ser paciente para lidar com o próximo, seja cliente ou colega de trabalho. Você não sabe se o outro está feliz ou triste. Não sabe o motivo que o leva ter esse sentimento.
  • Simpático – Simpatia é fundamental para lidar com o público. Principalmente ao lidar com situações que fogem da normalidade. Se o comissário de bordo for simpático, ele “ganha” o cliente. Mas cuidado, dependendo da situação, seja simpático, porém, assertivo.
  • Educado – Educação é primordial, né? Seja com o público ou com o colega de trabalho. Na situação citada no tópico anterior, a educação também é muito bem vinda.
  • Pro-Ativo – A pró-atividade é muito importante e bem vista no nosso meio. Preguiça é um defeito que um comissário de bordo deve deixar para seus dias livres. No trabalho, seja pro-ativo. Ajude seu colega. Ajude um cliente que necessite. Mas cuidado! Pessoas que querem fazer tudo todo o tempo também são chatas. Mal vistas. Entendam: Oferecer ajuda não é ruim. O ruim é querer ser gentil todo o tempo e acabar atrapalhando o colega. “Deixa que eu faço”, “Deixa que eu vou”, “Deixa que eu pego”…. Dividam o trabalho. Se acabar o seu, ajude o outro. Mas não queira o tempo todo fazer o trabalho do outro. Consegui explicar? Rs
  • Saber Respeitar – Respeito é bom e todo mundo gosta, né? Até pra fazer uma crítica. Que o faça com respeito! Sempre!
  • Atencioso – No vídeo eu dei como exemplo atenção ao trabalho. Cheiros, sons, situações a bordo e esse tipo de coisa. Mas posso incluir aqui atenção com horários também.
  • Organizado – Junto com a atenção, vem a organização também com os horários. Se organizar para chegar nas horas corretas de apresentação. Organizar horários também para comer, se arrumar, dormir, malhar… E nas situações de dia a dia, organização na galley. Deixar tudo arrumado para o próximo poder usar…
  • Ter Desenvoltura – Para lidar com colegas e clientes nas situações mais adversas. Ficar por dentro do que acontece na empresa, dos manuais, para qualquer situação que você tenha que atuar, você tenha clareza da situação para resolvê-la.
  • Ter Percepção/Sensibilidade– Importante, né? Lidar com pessoas tem disso. Tem que ter um pouco de sensibilidade. Entender o outro. Percepção para notar que alguém precisa de algo, sensibilidade para ajudar. Seja clientes ou colegas.
  • Gostar de pessoas – Parece meio obvio! E meio estranho. Mas tem gente que prefere trabalhar com máquinas/computadores. E tudo bem! Basta perceber que realmente tem paciência para lidar com centenas de pessoas todos os dias.
  • Gostar do que faz – Outra coisa que parece meio obvia. A ideia de “viajar de graça” atrai muita gente pra essa profissão. Mas temos que entender que não é somente isso. Nosso trabalho não é lazer. As viagens são consequência. As vezes nem pisamos do lado de fora do avião. Há pernoites na beira da praia, que chegamos tão cansados que só queremos saber de banho e cama. Há feriados, aniversários e datas importantes, que você não vai conseguir folga, e não vai passar em casa com seus familiares, amigos e amores. Tem noção disso? Que nem sempre temos um hotel gostoso com uma cama confortável, ou aquela tripulação animada, ou disposta pra curtir uma praia em Fortaleza em pleno sábado ensolarado? Que nem sempre terá companhia para fazer seus passeios ou simplesmente para almoçar ou jantar? Que mesmo vendo tanta gente todos os dias, haverão dias que você se sentirá sozinho? Com saudade de casa, da familia, amigos, da sua cama ou de uma simples refeição? Nem sempre seus vôos sairão como planejado, aeroportos fecham,há nevoeiros, passageiros alterados/estressados porque perderam reuniões ou compromissos importantes e ai, sua escala altera e de repente seu inativo em Maceió, que você esperou o mês inteiro, vira um pernoite em Cacoal? Não to desmerecendo lugar nenhum, mas dei um exemplo de um lugar de praia pra um lugar que as opções são um pouco mais limitadas. Claro que sempre tem o lado bom! Ainda vamos falar muito disso, mas você sabendo que também tem coisas ruins e que a vida de tripulante não são só viagens, hoteis luxuosos e festas, e mesmo assim, você ter paixão pelo que faz, então sim, você está preparado para ser um tripulante!

comissario de bordo

Tentei resumir ao máximo essas características que são fundamentais a um comissário de bordo. Faltam algumas, outras podemos explorar bem mais! Assunto, não faltará!

Tem alguma sugestão? Deixa aqui nos comentários, vamos debater sobre isso. E quem sabe, não vira um assunto de vídeo?

Para ver mais videos sobre o assunto, clique AQUI!

E mais conteúdo aqui no blog sobre aviação AQUI!

Espero que tenham curtido!

Beijos!

Comments

comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentario
Entre com seu nome